Quem sou eu

Minha foto

André Rodrigues de Almeida (mais conhecido com André Rodrigues), nascido em 12/10/1982, na Cidade de Jaboatão dos Guararapes, no Estado de Pernambuco. É Teólogo formado pela - Escola de Teologia das Assembléias de Deus no Brasil - ESTEADEB. Foi aluno laureado no ano de 2010, e publicou o Trabalho de Conclusão de Curso pela Editora Nossa Livraria (Editora e Comércio de Livros Jurídicos Ltda), no Estado de Pernambuco no início do ano de 2011 com o Tema: O Tríplice Ofício de Cristo: Profeta, Sacerdote e Rei.

É escritor, articulista e criador de conteúdos em (Teologia em Alta, Benfica RelógiosSkinni Jeans e Leitura Saudável), além do grupo de compras e vendas (Rapidão Negociação) no Facebook. Escreve publicações voltadas para a teologia em: Teologia em Alta e no Leitura Saudável, dispõe de assuntos diversos, frases, pensamentos e comenta política cotidiana.


segunda-feira, 18 de maio de 2009

AGOSTINHO DE HIPPO, UM DOS MAIS IMPORTANTES TEÓLOGOS DE TODOS OS TEMPOS (354-430)

Um dos mais importante dos pais da Igreja

Com uma mente brilhante e coração incansável, Agostinho dedicou-se à filosofia e ao prazer, até que as orações de sua mãe, um conselho de bispos e uma voz infantil o atraíram à fé cristã. Então, ele se tornou um poderoso líder religioso num tempo crucial, moldando a igreja pelos séculos que se seguiram.

Agostinho foi bispo de Hippo Regius, uma cidade na costa norte da África, na província romana de Numídia. Seu impacto ainda é sentido tanto nas igrejas como na cultura ocidental.

EDUCAÇÃO
Conhece-se mais de Agostinho do que de qualquer outra figura da igreja primitiva por causa de suas Confissões (397-401) e Retratações (426-427). Nasceu numa pequena cidade da Numídia, filho de pai pagão, Patrício, e mãe cristã, Mônica. Com grande sacrifício pessoal, os pais procuraram para o filho bem-dotado a melhor educação romana como forma de projetá-lo daquela pequena cidade africana. Agostinho estudou primeiro em Madaura e depois recebeu treinamento de retórica em Cartago (375) o que o preparou para "escrever com estilo". Em Cartago, abandonou a fé de sua mãe e seguiu as práticas imorais de seus colegas estudantes. Em 372, juntou-se a uma amante com quem viveu por 13 anos e com quem teve um filho, Adeodato (que morreu por volta de 390).

VIDA E OBRAS
Com o abandono da fé cristã, Agostinho dedicou-se a um questionamento religioso da sabedoria através da filosofia. Esse questionamento o levou ao encontro de vários filósofos, em Roma e outras cidades, foco dos luminares da época, de quem ouvia e aprendia e com quem debatia sobre o Bem e o Mal, o Pecado, virtudes purificadoras, auto-purificação, nenhum deles , no entanto, lhe apresentava a verdade de Cristo. Em meio a uma grande crise moral e emocional, Agostinho foi tocado pela leitura de Romanos 13:14 que lhe mostrou claramente Cristo como a autoridade moral capaz de lhe dar uma "nova vontade". Numa repentina conversão moral, abandonou sua posição de professor e desistiu do desejo de se casar com uma mulher rica (havia se separado da amante). Retirou-se com alguns amigos íntimos, parentes e sua mãe para a casa de campo de um amigo para dedicar-se à verdade.
Confidenciando que uma alma purificada poderia chegar à verdade clara, Agostinho comprometeu o grupo com o diálogo socrático, um método no qual o professor dirige perguntas a pessoas num grupo e as lidera na discussão, ainda que não se chegue a conclusões. Os diálogos, anotados por um escriba e posteriormente suplementados por Agostinho, foram a base de três de suas obras.

SUMÁRIO
Durante os últimos meses da vida de Agostinho, os vândalos sitiaram a protegida cidade de Hippo por terra e mar. Eles haviam destruído a parte romana do norte da África e a evidência externa da Cristandade latina. Hippo estava cheia de refugiados, incluindo bispos e padres. Agostinho pregou para uma congregação cheia de refugiados e teve os vasos de ouro da igreja fundidos para dar ajuda ao muitos que vieram.Suas cartas informam que a África estava madura para o julgamento de Deus nas mãos dos bárbaros. Naquela crise final, Agostinho contraiu uma doença fatal. Com os salmos de penitência pendurados nas paredes de seu quarto, aquele bispo de 75 anos, que tinha cultivado tantas amizades, pediu que o deixassem sozinho para se preparar para morrer.

A medida da importância de Agostinho vai além do raro título, "Doutor da Igreja", que lhe foi dado na Idade Média. Foi o primeiro a fazer um auto-exame diante de Deus na forma de suas Confissões e assim dar à igreja entendimento bíblico sobre a vida de um homem sob a graça de Deus. Foi o primeiro a dar uma visão bíblica da história, do tempo e do estado no seu livro Cidade de Deus. Estabeleceu a doutrina da igreja nos seus escritos anti-Donatistas, uma visão que prevaleceu na igreja durante séculos. Deu à igreja ocidental uma confirmação clara sobre a pessoa de Cristo, que mais tarde foi estabelecida como doutrina por Leo. Instituiu como tema da teologia no Ocidente a graça de Deus no evangelho.

ARTIGO EXTRAÍDO DA ILÚMINA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Jesus, deseja te salvar!

Jesus, deseja te salvar!
"Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chega a Deus". (Hb 7.24a).

Teologia em Alta

Teologia em Alta
"Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça" (2Tm 3:16).