Quem sou eu

Minha foto

André Rodrigues de Almeida (mais conhecido com André Rodrigues), nascido em 12/10/1982, na Cidade de Jaboatão dos Guararapes, no Estado de Pernambuco. É Teólogo formado pela - Escola de Teologia das Assembléias de Deus no Brasil - ESTEADEB. Foi aluno laureado no ano de 2010, e publicou o Trabalho de Conclusão de Curso pela Editora Nossa Livraria (Editora e Comércio de Livros Jurídicos Ltda), no Estado de Pernambuco no início do ano de 2011 com o Tema: O Tríplice Ofício de Cristo: Profeta, Sacerdote e Rei.

É escritor, articulista e criador de conteúdos em (Teologia em Alta, Benfica RelógiosSkinni Jeans e Leitura Saudável), além do grupo de compras e vendas (Rapidão Negociação) no Facebook. Escreve publicações voltadas para a teologia em: Teologia em Alta e no Leitura Saudável, dispõe de assuntos diversos, frases, pensamentos e comenta política cotidiana.


domingo, 1 de janeiro de 2012

O QUE QUER DIZER MALDITO?

MALDITO, nas Escrituras, significa aquilo que é separado ou dedicado. Com relação a pessoas, denota o isolamento ou separação de alguém da comunhão da igreja, do número dos vivos, ou dos privilégios da sociedade, e também a dedicação de um animal, cidade, ou outra coisa à destruição. Anátema era uma espécie de excomunhão entre os judeus, e era freqüentemente praticada após terem perdido o poder da vida e da morte, contra aqueles que, de acordo com a lei mosaica, tinham que ter sido executados. Um criminoso, depois que a sentença de excomunhão era pronunciada, se tornava anátema, e eles tinham uma firme convicção de que a sentença não seria em vão, mas que Deus interferiria para punir o ofensor de uma maneira similar à pena da lei de Moisés. Um homem, por exemplo, que a lei condenava que fosse apedrejado, seria, criam eles, morto pela queda de uma pedra sobre ele. Um homem a ser enforcado seria sufocado. E alguém que a lei sentenciava às chamas, seria queimado em sua casa, etc. Maranata, um palavra siríaca, que significa venha Senhor, foi acrescentada à sentença, para expressar sua convicção de que o Senhor Deus viria vingar-se dessa culpa que eles, em suas posições, não tinham o poder de punir, 1Co 16.22.




Conforme a expressão da língua hebraica, maldito e crucificado eram termos sinônimos. Qualquer um que morresse no madeiro era considerado maldito pelos judeus, Dt 21.23.


         A excomunhão é um tipo de anátema também entre alguns cristãos, e por ela o ofensor é privado, não apenas de comungar em orações e outros ofícios santos, mas de admissão na igreja, e de conversas com os fiéis. O espírito do Judaísmo, diferente do espírito do Evangelho, tinha nisto sido imitado, pois entre os hebreus, aqueles que eram excomungados não poderiam desempenhar qualquer dever público de suas funções, não poderiam ser juízes ou testemunhas, nem estar presentes em funerais, nem circuncidar seus próprios filhos, nem sentarem-se na companhia de outros homens, mais perto do que a distância de quatro cúbitos [NT. Mais ou menos 2 metros]. Se morressem sob excomunhão, lhes seriam negados a cerimônia do enterro, e uma grande pedra era deixada em suas sepulturas, ou um monte de pedras as encobriam, como aconteceu com Acã, Js 7.26. A excomunhão apostólica era simplesmente negar ao ofensor, após admoestação, o direito de participar da Ceia do Senhor, o que significava a excisão da igreja de Cristo.


ARTIGO EXTRAÍDO DE ARMINIANISMO.COM (http://www.arminianismo.com/index.php?option=com_content&view=article&id=1035:maldito&catid=161&Itemid=41)

2 comentários:

  1. FUI CHAMADO DE MALDITO SEMPRE FIS O BEM ESTOU TRISTE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quantas vezes Jesus foi chamado de maldito e nem ficou de mimimi. Aprenda a usar essad situações como combustível para sua evolução

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Jesus, deseja te salvar!

Jesus, deseja te salvar!
"Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chega a Deus". (Hb 7.24a).

Teologia em Alta

Teologia em Alta
"Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça" (2Tm 3:16).